Homem é preso por agredir e manter a mulher trancada por 3 dias

Ao receber a intimação para comparecer à delegacia para prestar esclarecimentos, Costa espancou novamente a mulher e a prendeu em casa

Raimundo Bispo da Cruz da Costa, 37 anos, foi preso em flagrante na sexta-feira por agredir a mulher, de 48 anos, e mantê-la em cárcere privado durante três dias dentro de casa, no bairro Novo Campo Grande, em Campo Grande (MS). Segundo a assessoria da Polícia Civil, ele foi detido na Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam), na capital, onde prestava depoimento sobre outro caso de violência doméstica com a mesma vítima.

De acordo com a polícia, ao receber a intimação para comparecer à delegacia para prestar esclarecimentos, Costa espancou novamente a mulher e a prendeu em casa. "Ela já tinha registrado seis boletins de ocorrência contra o acusado, o primeiro deles em 2009, e inclusive pediu medidas protetivas que foram deferidas pelo judiciário, porém nunca respeitadas pelo autor?, explicou a delegada Marília de Brito Martins.

?Ele ainda tentou matá-la, primeiramente enforcando com as mãos, em seguida com uma toalha molhada e, por último, a tentativa foi de asfixia com um edredom?, contou Marília, para quem a vítima ainda relatou que o homem "quebrou tudo na casa". Ele também arremessou contra a mulher vários objetos. Entre eles, um ferro de passar roupa que atingiu o seu rosto.

Segundo a delegada Marília, a mulher tentou pedir socorro telefonando para a mãe. ?O Raimundo viu, quebrou o celular dela e colocou fogo. A partir daí a violência só aumentou e a vítima passou a ser mantida em cárcere privado, já que o marido trancou toda a casa com cadeados, mantendo as com ele as chaves?, relatou a delegada.

Após receber uma denúncia anônima, uma equipe da Deam arrombou a casa e libertou a vítima no final da tarde de sexta-feira. À polícia, a mulher relatou que por conta das agressões vomitou sangue e não foi levada pelo marido para atendimento médico, nem recebeu dele qualquer tipo de medicamento. Ela foi encaminhada ao posto de saúde, onde foi medicada e passou por exames de lesão corporal.

Costa foi autuado em flagrante por lesão corporal (violência doméstica), ameaça, desobediência e sequestro e cárcere privado. Ele foi levado para o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande.

Fonte: Terra