Homem é preso por manter caso com criança de 11 anos na Bahia

Carlos acusa a mãe da menina de ser conivente

Um homem de 38 anos é acusado de estupro de vulnerável na Bahia. Ele foi preso em flagrante por manter relações sexuais com uma criança de 11, no município de Camaçari, localizado na região metropolitana de Salvador. O suspeito aproveitava a ausência dos pais da menina para pular o muro da casa e cometer o crime. Em depoimento, Carlos Lima dos Santos disse que a menina ameaçou contar a situação para os pais, caso ele não quisesse morar com ela.

O suspeito se aproximou da menina no momento em que começou a frequentar a mesma igreja que a família dela. Com o tempo, se tornou íntimo e chegou a viajar algumas vezes com a família. Posteriormente, o suspeito se afastou da igreja, entretanto, o casal continuou a frequentar os cultos e nem sempre o casal levava a filha. Nesses momentos, o homem pulava o muro da casa e cometia os abusos que segundo ele tinha consentimento da menina.

Carlos acusa a mãe da menina de ser conivente (Crédito: Reprodução)
Carlos acusa a mãe da menina de ser conivente (Crédito: Reprodução)


Segundo a polícia, o pai já havia sido alertado por amigos e, em uma noite, decidiu voltar mais cedo para casa. Ele chegou a ver Carlos fugindo do imóvel e pulando o muro. De acordo com informações da delegada responsável pelo caso, Thaís Siqueira, o pai só tomou conhecimento do estupro na delegacia.

" O pai chegou aqui bastante triste, porque quando Carlos foi detido, para o pai ainda não havia ocorrido tudo isso. Então, ele só tomou conhecimento do estrupo quando o acusado confessou os abusos. Apesar de de ser "consentido" a menina só tem 11 anos e é caracterizado como crime."

Carlos acusa a mãe da menina de ser conivente com os abusos. Em depoimento, a mulher negou e disse que não sabia sobre o caso dos dois.

Fonte: Com informações do R7