Homem é preso por matar enteada com Down

Homem é preso por matar enteada com Down

A Polícia Civil de Manaus prendeu na sexta-feira um suspeito de espancar e matar a enteada

A Polícia Civil de Manaus prendeu na sexta-feira um suspeito de espancar e matar a enteada de 8 anos, portadora de síndrome de Down. A prisão aconteceu no Hospital Platão Bezerra de Araújo, bairro Jorge Teixeira, zona leste Manaus. Ele teria dito aos médicos que a garota havia tido um ataque epilético e se batido. A criança ainda estava viva quando os policiais chegaram ao local, após ligação dos funcionários, que desconfiaram da história do homem.

Segundo nota da Polícia Civil, a mãe da vítima disse à polícia que "sai de casa todos os dias às 16h, para fazer programa no centro (de Manaus). Deixa suas três filhas, sendo uma de 4, 6 e 8 anos, com seu parceiro, com quem vive há cinco meses. Hoje (sexta-feira) quando chegou a casa, por volta da 02h da madrugada, percebeu que a filha, estava desfalecida em cima da cama".

Ainda de acordo com a nota, ela "questionou ao companheiro o que tinha acontecido e o mesmo informou que não sabia de nada. Sua filha de 4 anos, falou que seu padrasto havia batido muito em sua irmã".

O laudo médico afirma que a criança morreu por hemorragia interna, causada, provavelmente, por espancamento. A menina apresentava hematomas no rosto, braços e pernas.

A polícia prendeu o casal ainda no hospital, e os conduziu para a delegacia especializada de homicídios e sequestros. De acordo com o delegado titular da especializada, o suspeito vai responder processo por homicídio doloso, e a mãe, por omissão e co-autoria. Os dois foram encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.

Fonte: Terra, www.terra.com.br