Homem é preso por oferecer serviço delivery de drogas

Homem é preso por oferecer serviço delivery de drogas

John era dono de um ponto de mototáxi e utilizava o serviço para realizar a entrega de drogas

Para o conforto dos usuários, serviço de entrega em domicílio. O mototaxista John Wayne Pereira Lopes, de 22 anos, foi preso na noite de ontem, por policiais da 21ª DP (Bonsucesso), acusado de tráfico de drogas. Segundo o delegado responsável pelo caso, José Pedro Costa, John era dono de um ponto de mototáxi e utilizava o serviço para realizar a entrega de drogas em pontos dentro e fora da comunidade.

O esquema de entrega da droga foi montado por traficantes da comunidade Vila do João, no Complexo da Maré. Mais conhecido como João Gordinho, ele foi preso após vender 105 gramas de cocaína a um caminhoneiro, no mercado São Sebastião, na Penha. Com a venda, John arrecadou R$ 100, sendo R$ 50 pela droga e mais R$ 50 de taxa de entrega.

Segundo o caminhoneiro, ele soube do serviço de entrega através de um cartão de visita do tráfico. Durante manifestações da classe, João distribuía cartões com seu nome, telefone e o slogan ?melhor cocaína do Rio?. Segundo a polícia, diversos caminhoneiros eram clientes do mototaxista. O serviço abrangia as áreas da Penha, Cais do Porto, Baixada Fluminense e um posto de gasolina na Linha Vermelha. Em seu telefone, ao menos 12 outros motoristas foram identificados.

Fonte: Extra