Homem é preso suspeito de estuprar enteada de 11 anos deficiente

Maricélio Ranili de Lima Souza foi preso

Maricélio Ranili de Lima Souza, de 23 anos, foi preso suspeito de estuprar sua enteada, umacriança de 11 anos que tem deficiência intelectual, no interior de SãoPaulo.


Image title

O caso foi descoberto após a criança denunciar o crime para uma professora. De acordo com a polícia, a vítima relatou com riqueza de detalhes para a docente as atitudes do padrasto. A professora, então, acionou o Conselho Tutelar.

A menina tem uma deficiência intelectual, que faz com que ela tenha a mentalidade de uma criança de seis anos. Um exame feito pelo IML (Instituto Médico Legal) constatou que a menina sofreu abuso sexual e identificou que ela estava com uma doença sexualmente transmissível (DST).

Após ser preso, o padrasto assumiu que estuprou a enteada, ao menos, três vezes. A mãe teve um filho do agressor há 18 dias e afirmou não terconhecimento do caso.  Ele será indiciadopor estupro de vulnerável.


Fonte: Com informações do R7