Homem é preso suspeito de matar ex-patrão por dívida de R$ 600

O comerciante abriu a cafeteria por volta das 8h da manhã para os funcionários, quando foi atacado a facadas pelo suspeito.

O gastrônomo Davi Ribeiro Lopes, 25 anos, foi morto em sua cafeteria na manhã desta sexta-feira (13), na alameda Barão Limeira, com a alameda Ribeiro da Silva, no bairro Campos Elísios, centro da capital paulista. Um ex-funcionário é suspeito do crime .

A polícia divulgou a imagem do ex-funcionário suspeito do homicídio. O motivo do crime seria uma dívida de R$ 600 que o funcionário devia para Davi e não queria pagar, segundo a família .

O comerciante abriu a cafeteria por volta das 8h da manhã para os funcionários, quando foi atacado a facadas pelo suspeito.

AnteriorPróxima Um taxista que passava no local socorreu a vítima e levou para Santa Casa, mas ele não resistiu.

O caso foi registrado no 77° DP e será investigado com o apoio do DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoas ).



Fonte: R7