Homem é suspeito de estuprar 30 meninas

Mais 3 reconhecem suspeito de estuprar 30 meninas no PR

Preso pela Polícia Civil de Maringá no sábado, depois de ficar foragido por mais de uma semana, Dionildes Ferreira dos Santos, 55 anos, foi reconhecido na quinta-feira por mais três crianças, que se somam às cinco meninas com idades entre 10 e 16 anos que disseram ser vítimas do suspeito. Todas já prestaram declarações à polícia e o reconheceram como agressor. A polícia suspeita que outras 25 adolescentes podem ter sido abusadas sexualmente por Santos. Segundo o delegado Gustavo de Pinho Alves, da Delegacia da Mulher, as suspeitas se justificam por ter sido encontrado com o acusado três agendas com a descrição de outras meninas com nomes, idades e detalhes sobre o corpo de cada uma das prováveis vítimas. O delegado apurou que as garotas seriam aliciadas com oferecimento de dinheiro. Elas eram atraídas para a sua residência, onde seriam pagas após ajuda-lo a organizar revistas que comercializava. A polícia chegou até o suspeito há quase 15 dias, após ter sido procurada pela mãe de duas garotas, de 10 e 12 anos. Na sequência, com os mandados de prisão e de busca e apreensão em mãos, policiais foram até a residência Santos e não o encontraram. Ele ficou foragido até sábado, quando foi preso em sua casa. No local, a polícia apreendeu as agendas e fitas de filmes pornográficos, que segundo as vítimas eram colocadas durante as relações. O suspeito negou as acusações, dizendo que as meninas iam à sua casa apenas para ajudá-lo no seu trabalho com as revistas e às vezes tomavam banho. Ele está preso na 9º Subdivisão Policial de Maringá e inicialmente irá responder pelos crimes de estupro - no caso das meninas menores de 14 anos que confirmaram o crime - e favorecimento a exploração sexual - referente às garotas com idades entre 14 e 18 anos que também confirmaram o abuso.

Fonte: Terra