Homem é suspeito de estuprar irmão com deficiência visual

A vítima relatou à mãe que o irmão teria entrado em seu quarto e colocado um objeto pontiagudo em seu pescoço

Um homem de 34 anos foi preso hoje acusado de ter estuprado seu próprio irmão adotivo, um adolescente de 16 anos com deficiência visual, em Campo Grande (MS). O caso teria acontecido na madrugada desta terça-feira, mas, de acordo com a vítima, os abusos são recorrentes.

A vítima relatou à mãe que o irmão teria entrado em seu quarto e colocado um objeto pontiagudo em seu pescoço. Depois, levou-o para um cômodo na parte externa da casa e o teria obrigado a manter relações sexuais com ele.

A mãe do adolescente acionou a Polícia Militar, que prendeu o suspeito em flagrante e o encaminhou para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac). O adolescente realizou exame de corpo de delito, que confirmou a violência sexual recente.

Em seu depoimento, o adolescente relatou que sofria abuso do irmão desde os 11 anos de idade e sempre contava para sua mãe. A mãe da vítima disse que suspeitava dos abusos, mas nunca teve certeza e, por isso, não teria procurado a polícia antes.

De agressor à vítima

O suspeito contou aos policiais que, após chegar em casa de madrugada e ir deitar, acordou surpreso com seu irmão o molestando. O homem alegou que não teria ocorrido violência sexual, pois o ato teria sido consensual.

De acordo com a delegada Regina Márcia Rodrigues, da Delegacia Especializada de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA), todos os envolvidos serão ouvidos novamente para apurar as possíveis violências ocorridas durante os últimos cinco anos contra o adolescente dentro da própria casa. Além do estupro, também será investigada a possível omissão por parte da mãe da vítima.

Fonte: Terra