Homem é suspeito de recrutar mais de 30 crianças para o tráfico

Homem é suspeito de recrutar mais de 30 crianças para o tráfico

Operação "Balão Mágico" da polícia prendeu sete pessoas, em Manaus

Uma operação da polícia dentro da comunidade Santa Teresinha, localizada entre os bairros Dom Pedro e Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus, prendeu sete pessoas por suspeita de tráfico de drogas, entre elas um homem de 28 anos, apontado como o chefe do tráfico. Segundo a delegada Suely Costa, da Seccional Oeste da Polícia Civil, ele é suspeito de fornecer drogas para vários bairros.

A operação foi batizada de "Balão Mágico", em alusão programa infantil brasileiro dos anos 80. Os outros seis presos são suspeitos de comandar pontos de venda de drogas na comunidade. Três deles são adolescente e foram levados para Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).

Chefe do Tráfico

A delegada informou que o suspeito, possivelmente chefe do tráfico, também tinha poder de liderança dentro comunidade Santa Terezinha, por isso, ele ajudava as famílias que concordavam com a venda de drogas, mas aterrorizava quem se opunha ao tráfico. Moradores denunciaram que o homem interditava as ruas para promover bailes funk durante os fins de semana, para que o irmão dele, outro alvo da polícia, que gosta de escrever músicas do gênero, cantasse para os amigos.

À noite, contou Suely, o suposto traficante determinava o "toque de recolher", para facilitar o tráfico na comunidade. A polícia encontrou uma casa inabitada, usada somente para vender e consumir drogas. O local era chamado de "casa do terror". "Depois de 21h, os moradores eram proibidos de saírem para as ruas", afirmou.

Segundo a delegada, o mais grave é que durante a investigação, foram identificadas mais de 30 crianças e adolescentes que trabalhavam para ele como "mulas", ou seja, faziam a entrega das drogas nos bairros da Zona Centro-Oeste. "O serviço destas crianças era pago com drogas. O que nos impressionou foi que elas não condenam o homem. Ao contrário, elas o tem como referência de sucesso", disse.

Operação

A operação "Balão Mágico" iniciou durante a madrugada. Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão e três de prisão, expedidos pela Justiça. O trabalho contou com policiais civis da unidade de investigação da Seccional Oeste, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e da Força Especial de Resgate e Assaltos (Fera). Foram apreendidos munição de vários calibres, colete balístico, vários aparelhos eletroeletrônicos e 600g de pasta-base de cocaína.

Apesar do resultado, a polícia investiga a suspeita de que a informação da operação policial tenha sido passada para alguns suspeitos, que conseguiram fugir antes da chegada dos policiais. Na delegacia, "Fofão" negou as acusações da polícia. Ele foi indiciado por tráfico de drogas, exploração de menores, entre outros crimes.

Fonte: G1