Homem em vídeo pode ser assassino de Décio Sá, diz polícia

Polícia já tem imagens do circuito de câmeras de prédios residenciais e da barreira eletrônica da orla de São Luís

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira que já tem imagens do circuito de câmeras de prédios residenciais e da barreira eletrônica da orla de São Luís (MA) que ajudarão a apontar o assassino do jornalista Décio Sá, executado a tiros em um restaurante da avenida Litorânea na noite da última segunda-feira. As imagens mostrariam um indivíduo semelhante à descrição do assassino pelas testemunhas.

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, informou em entrevista coletiva as características do suspeito: moreno, alto, "meio forte", cabelo liso, "assemelhando-se ao tipo índio". A divulgação do retrato-falado está prevista para hoje.

Para o secretário, o crime deve ter sido encomendado. "Pela metodologia utilizada, já percebemos que se trata de um crime por encomenda, principalmente porque o criminoso não fez questão alguma de esconder sua identidade. A morte do jornalista Décio Sá foi por conta da atividade profissional que ele exercia", declarou.

O executor do crime deixou o bar em uma moto na qual um comparsa o esperava. Antes de chegar à barreira eletrônica, o passageiro desceu da moto e subiu o morro até outra avenida, onde havia um carro à espera. No trajeto, deixou que o carregador da arma caísse.

Mendes diz que esses passos foram pensados para dificultar o trabalho de esclarecer os mandantes do crime. As fotos recolhidas dos sistemas de monitoramento particular e da barreira eletrônica devem auxiliar na identificação dos criminosos.

Fonte: Terra