Homem estupra filha de 4 anos após perder mulher no parto

Ele ficou responsável pela guarda da vítima e de mais um filho de dois anos

Um homem de 31 anos foi preso no final de semana em Selvíria (MS), a 336 quilômetros de Campos Grande, por suspeita de estuprar a filha de quatro anos. Segundo o delegado Messias Pires, as investigações mostraram que o crime ocorreu após a mulher do acusado morrer, há três meses, por complicações no parto. "Ele ficou responsável pela guarda da vítima e de mais um filho de dois anos. Porém, no início do mês passado, as crianças foram abrigadas por determinação judicial, em razão das péssimas condições que viviam", disse.

As gestoras da Unidade de Acolhimento do município, onde a menina foi acolhida, denunciaram o abuso sexual após a criança reclamar de dores e contar às funcionárias que o pai a violentou. Em seguida, foi registrado boletim de ocorrência e instaurado inquérito policial para investigar a denúncia. "O exame de corpo de delito comprovou que de fato a vítima foi vítima de estupro, o que nos levou a pedir a prisão preventiva do acusado, que foi de pronto decretada pela 2ª Vara Criminal de Três Lagoas", explicou Pires.

A Polícia Civil investiga ainda se a enteada do acusado, de 11 anos, também foi estuprada por ele. A menina também relatou ao Conselho Tutelar que o acusado a violentou.

O homem já havia sido processado e condenado por tráfico de drogas e furto. Além disso, responde por violência doméstica. Após a prisão ele foi encaminhado para o Presídio de Segurança Média em Três Lagoas.

Fonte: Terra