Homem fere ex com canivete por não aceitar fim do relacionamento

O acusado fugiu após atacar ex na frente do filho

Um homem é procurado pela polícia suspeito de esfaquear a ex-mulher, nesta terça-feira (5), em Caldas Novas, no sul de Goiás.

Segundo as investigações, Alan de Oliveira Marcelino, de 28, feriu Jeniffer Gonçalves Peixoto, de 23, por não aceitar o fim do relacionamento. Ela foi socorrida e levada ao hospital ainda com o canivete usado no crime cravado no peito.

Alan está foragido. De acordo com a delegada Sabrina Lelis, responsável pelo caso, ele pulou o muro do barracão onde Jeniffer morava e desferiu o golpe na frente da filha do casal, de apenas 3 anos.

"Ele invadiu a casa, pegou um canivete que carregava na bolsa e cravou no peito dela. Logo em seguida, ele fugiu. Mesmo ferida, a jovem conseguiu caminhar até o portão e pedir ajuda de vizinhos, que acionaram o socorro", disse.

Jeniffer foi levada ao Hospital Municipal de Caldas Novas. Em nota, a Secretaria de Comunicação do município informou que o canivete atingiu o pulmão, motivando uma cirurgia. O quadro clínico dela é considerado estável e ela não corre risco de morrer.

A delegada explicou ainda que o ex-casal já tinha um histórico de violência. No ano passado, Jeniffer procurou a delegacia para denunciar o marido por agressão física. A Justiça chegou a expedir uma medida protetiva, obrigando Alan a ficar longe da ex.No entanto, ele acabou descumprindo a ordem e foi preso em flagrante após roubar o celular dela.

A defesa dele recorreu e conseguiu comprovar que, apesar do afastamento, a jovem também procurava o ex e buscava manter contato com ele. Diante disso, a Justiça decidiu soltar o suspeito.


Image title

Mulher foi esfaqueada  (Crédito: Divulgação)
Mulher foi esfaqueada (Crédito: Divulgação)
Fonte: G1