Homem alterado, invade faculdade e faz ex-mulher refém

Funcionária chegava para trabalhar nesta sexta, quando foi abordada


Homem invade faculdade e faz ex-mulher refém

Uma funcionária da Faculdade de Ciências Biomédicas (Facimed) de Cacoal, RO, está sendo mantida como refém pelo ex-marido. As primeiras informações da polícia dão conta de que Maria Dulcineia de Leite chegava para trabalhar na manhã desta sexta-feira (26), quando foi abordada pelo ex-companheiro Anderson, de 23 anos, que está armado com uma faca. A área está isolada.

Funcionários da instituição contaram que, após tentar conversar com a ex-mulher, o homem, ainda não identificado pela polícia, teria arrastado Dulcineia até um banheiro do prédio.

A mãe da refém, Maria Edna Leite, está no local muito abalada e contou que a filha está separada do marido há 2 meses, após ficar casada por 5 anos. Os dois têm duas filhas, de 5 e 3 anos. Segundo Maria Edna, o ex-genro estava preso e já havia feito ameaças à mulher. "Ele não aceita a separação. Sempre fez ameaças a minha filha. Estou chocada com essa atitude. Deus proteja a minha filha", diz.

A Polícia Militar e o Grupo de Operações Especiais (GOE) estão desde às 7h30 (horário local) na faculdade localizada no Bairro Jardim Clodoaldo.

Segundo policiais que tentam negociação, Anderson está bastante alterado, sob efeito de droga e demonstra resistência em libertar Dulcineia.

Fonte: G1