Homem mata jovem de 16 anos que se envolveu com sua amante em SP

Menino de 16 anos mantinha relacionamento com mulher casada

O adolescente Yuri Rafael dos Santos, de 16 anos, foi morto a tiros pelo vizinho no interior de São Paulo. Segundo a polícia, os dois namoravam a mesma mulher, que era casada. O suspeito está foragido.

Image title

O jovem começou a se envolver com esta mulher há dois meses. O adolescente não revelava o nome da nova namorada de 32 anos nem para os amigos. A mulher é casada e mantinha um relacionamento com Edmilson Amador Feitosa, o Paraíba, que também é casado. Os três moravam na mesma rua.

O estopim para o crime teria sido um presente de Natal. O menino havia pedido dinheiro para a mãe para poder comprar um presente para a tal mulher, que frequentava a casa dele.

Yuri foi atingido por dois disparos na porta de casa. Uma das balas ficou alojada na sua coluna. Ele ficou 15 dias internado e morreu por falência múltipla dos órgãos.

Poucos dias antes do crime, Feitosa havia embarcado a mulher e a filha para a Paraíba. De acordo com a polícia, o homem costumava causar confusão no bairro. A arma usada no crime foi entregue à polícia dias depois pelo advogado, com a promessa de que o suspeito iria se entregar. A casa do suspeito foi incendiada. A prisão de Feitosa foi decretada e ele é considerado foragido da Justiça.

A mulher que teria sido o pivô do crime foi ouvida pelapolícia e negou envolvimento amoroso com o adolescente, mas confirmou a relaçãoextraconjugal com o suspeito. Já para a família da vítima, a mulher disse que amava o adolescente. Caso seja confirmada a relação dela com Yuri, a mulher pode responder por corrupção de menores.

Fonte: Com informações do R7