Homem mata e enterra mãe dentro de casa

O jovem teria feito uma obra no quarto e preparado um local para esconder o corpo da mãe

Um homem de 26 anos é suspeito matar e enterrar a mãe no próprio quarto da casa onde os dois moravam, em São Sebastião, cidade a cerca de 20 Km de Brasília.

Rosilda Maria de Fátima, 48 anos, vivia com o filho, na Quadra 204 e estava desaparecida desde o dia 15 de abril. O corpo foi encontrado pela polícia na última quarta-feira (12) e o jovem foi preso.

O rapaz chegou a registrar o desaparecimento da mãe, fez panfletos e distribuiu em vários locais do Distrito Federal e do Entorno. Mas, três denúncias anônimas informaram à polícia que o corpo de Rosilda estaria enterrado na casa deles. Na última quarta-feira, agentes foram ao local e o jovem deixou os policiais entrarem sem resistência.

De acordo com os agentes que encontraram o corpo, o comportamento do filho de Rosilda chamou a atenção. Eles disseram que o rapaz ficou o tempo todo sentado na cama e, mesmo quando o corpo da mãe foi descoberto, ele não demonstrou nenhuma reação.

O jovem teria feito uma obra no quarto e preparado um local para esconder o corpo da mãe, que estava embaixo de camadas de brita, terra, sacos plásticos e uma mistura de cal, que serviria para acelerar a decomposição e disfarçar o mau cheiro.

?Ele matou a mãe, ocultou o cadáver e criou, inventou essa história de desaparecimento para poder encobrir o crime que ele próprio praticou?, revela o delegado Marco Antônio de Almeida.

Os vizinhos ficaram chocados com o fato. Eles contam que durante todo esse tempo, o filho de Rosilda se mostrou indiferente. ?A gente perguntava se ele tinha notícia. Ele falou que não tinha?, conta a doméstica Tereza Pereira da Silva.

No depoimento, o rapaz confessou ter matado a mãe com golpes de martelo. O pedreiro que fez a obra no quarto disse que não sabia do crime. O rapaz foi preso em flagrante, por ocultação de cadáver, e o delegado vai entrar, ainda nesta quinta-feira (13), com o pedido de prisão por homicídio.

Fonte: g1, www.g1.com.br