Homem mata ex e ex-sogra a tiros e se suicida

Com o operador, foram encontrados uma pistola calibre 380, um carregador e um celular

Um operador de máquinas de 31 anos matou a tiros a ex-companheira Cristiane Fernanda Portapila, 22 anos, e a mãe dela, a dona de casa Sandra Mara Damasceno Portapila, 48 anos, e se suicidou em seguida, por volta das 9h40 de domingo, em uma residência na rua Luís Claúdio Berchiere, no jairro Kennedy, em Jaboticabal, a 358 km de São Paulo, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública.

Segundo a SSP, uma testemunha contou à polícia que Milton Pereira dos Santos e Cristiane tiveram união estável durante um ano e, há sete meses, ela terminou o relacionamento. Mas o casal ainda mantinha contato. Segundo a testemunha, durante a madrugada de domingo, eles tiveram uma discussão e Milton a teria ameaçado de morte antes de deixar a casa dela.

De acordo com a ocorrência, por volta das 21h30, o operador voltou ao local e pulou o portão da residência. Milton viu a mãe de Cristiane, que estava no corredor da casa. Os dois começaram a discutir quando ele atirou várias vezes contra ela. Cristiane saiu para ver o que ocorria e também foi baleada pelo homem. Em seguida, ele se matou com um tiro na boca.

Com o operador, foram encontrados uma pistola calibre 380, um carregador e um celular. A polícia solicitou perícia do Instituto de Criminalísca ao local e exames necroscópicos aos corpos. Nas proximidades da casa, foi localizada a moto Honda CG que pertencia a Milton. Como o veículo estava com a documentação correta, foi liberado aos parentes.

A ocorrência foi registrada no plantão da delegacia de Jaboticabal como homicídio qualificado consumado, suicídio e violência doméstica.

Fonte: Terra, www.terra.com.br