Homem mata filha de 3 anos a facadas após esfaquear mulher

Homem mata filha de 3 anos a facadas após esfaquear mulher

Horas antes, ele havia matado a facadas a ex-mulher, Rosângela Marques dos Santos, de 31, em Hortolândia

Silvério Lúcio Ribeiro, de 38 anos, está sendo procurado pela polícia. Ele é suspeito de ter assassinado a própria filha, Alicia, de 3 anos. Horas antes, ele havia matado a facadas a ex-mulher, Rosângela Marques dos Santos, de 31, em Hortolândia, no interior de São Paulo. Antes de se casar com a vítima, ele teve a intenção de ser padre.

Ribeiro e Rosângela haviam se relacionado por dez anos, mas estavam separados há dois anos. Apesar do fim do casamento, eles mantinham uma relação amigável para o bem da filha. Várias vezes, o ex-marido dormia na casa dela para que a garotinha pudesse acordar e ver o pai.

Ribeiro trabalhava como supervisor de uma empresa de informática em Hortolândia. Os familiares dizem que ele era tranquilo e extremamente apaixonada por Rosângela e pela filha. Antes de conhecê-la, ele havia passado quatro anos no seminário para se tornar padre.


Homem mata filha de três anos a facadas após esfaquear mulher

A relação de respeito terminou com uma suposta confissão de Rosângela. Na madrugada de segunda-feira (5), ela confirmou ao ex-marido que havia começado um novo relacionamento amoroso. O supervisor se irritou com a notícia e começou a agredi-la.

Alicia, que estava na casa no momento da agressão, acordou e pediu que o pai parasse de agredir sua mãe. Silvério pegou uma faca e assassinou Rosângela na frente da menina.


Homem mata filha de três anos a facadas após esfaquear mulher

A irmã de Rosângela ouviu os gritos e foi ver o que acontecia na casa ao lado. Ribeiro lhe disse que Rosângela estava passando mal e que a levaria para um hospital. A mulher se conformou e voltou para sua residência, sem saber que a irmã já estava morta.


Homem mata filha de três anos a facadas após esfaquear mulher

Após o crime, Ribeiro pegou a filha e fugiu com o carro de Rosângela. Ele ligou para uma de suas irmãs e teria confessado que havia cometido um grande erro. Ela pediu que ele devolvesse a menina, mas ele desligou o telefone.

Ribeiro percorreu mais de 350 km de Hortolândia em direção ao litoral norte de São Paulo. Segundo a polícia, ele ficou mais de 7 horas escondido em um matagal ao lado da filha até decidir matá-la. Ele teria utilizado a mesma faca nos dois crimes.

Alicia foi encontrada por um pescador em uma estrada que liga a rodovia Rio-Santos (BR-101) à praia de Ubatumirim, em Ubatuba. O corpo estava embaixo de uma cadeirinha de segurança, jogada no meio do mato. Ao lado, havia uma mochila com roupas de criança.

Rosângela iria ser enterrada na segunda-feira, mas o enterro foi adiado após a notícia da morte da filha. As duas foram sepultadas, lado a lado, em Hortolândia.


Homem mata filha de três anos a facadas após esfaquear mulher

Fonte: r7