Homem mata idosa com faca de cozinha e estupra menina de 2 anos

Ele vendia os objetos quando foi localizado pela Polícia Civil

Um homem de 22 anos foi preso em flagrante no sábado por suspeita de matar uma idosa de 69 anos a facadas e estuprar a bisneta dela, uma menina de 2 anos, em Canguçu (RS), 280 quilômetros ao sul de Porto Alegre. Durante a madrugada, o suspeito arrombou a porta da casa da família, no bairro Vila Nova, e cometeu os crimes. Selma Reichow, 69 anos, estava sozinha em casa com a criança, de quem cuidava porque a mãe havia saído.

"Ele atacou essa senhora, matou ela a facadas, com faca de serrinha, e violentou a menininha, de 2 anos", disse a delegada titular da Delegacia de Canguçu, Paula Aline Vieira. O jovem roubou alguns pertences das vítimas - um notebook, um rádio portátil, um celular e roupas íntimas - antes de deixar a residência.

Ele vendia os objetos quando foi localizado pela Polícia Civil, e foi preso em flagrante depois de familiares das vítimas reconheceram os pertences roubados. "A gente conseguiu prender ele quase que imediatamente, nós estávamos perto do local e a gente prendeu ele em flagrante, porque ele passou ali pelas proximidades", disse a delegada.

A menina recebeu atendimento médico no hospital de Canguçu e foi encaminhada para Pelotas, onde seria feito o exame de corpo de delito. Ela ficou ferida, mas o estado dela não é grave, de acordo com a delegada.

O suspeito havia sido solto de uma prisão de Santa Maria no dia 14 de agosto, e, desde então, morava perto da casa das vítimas em Canguçu. Segundo a delegada Paula Vieira, o jovem tem antecedentes policiais por "homicídio, estupro, roubo e mais uma série de coisas".

O homem segue preso no Presídio Estadual de Canguçu. A Justiça concedeu neste domingo o pedido de prisão preventiva que havia sido feito pela Polícia Civil.

Fonte: Terra