Homem mata idoso após trocar mensagens carinhosas e marcar encontro

O suspeito alegou que estava sendo 'assediado'.

Um auxiliar de enfermagem identificado como Juarez Pereira Maia, de 60 anos, foi assassinado e seu corpo foi encontrado nas margens da represa de Mairiporã na grande São Paulo.

De acordo com informações, o crime aconteceu após ele ter saído de casa para se encontrar com um jovem no qual marcou um encontro por redes sociais. O suspeito identificado como Vinicius Duarte da Silva, de 21 anos, confessou o crime e declarou que há duas semanas os dois vinham trocando mensagens pelo celular.

Em sua defesa, o assassino conta que matou o homem porque está sendo assediado, mas as imagens de conversas dos dois provam exatamente o contrário e mostram os rapazes em um tom carinhoso e íntimo.

Vinicius roubou o carro da vítima após o assassinato e confessou que vendeu as peças em seguida. A polícia trabalha com a investigação de homofobia, porém o caso ainda está sendo apurado. A vítima era solteiro e tinha um filho de 37 anos.

Acusado confessou o crime (Crédito: Reprodução)
Acusado confessou o crime (Crédito: Reprodução)
Homem foi morto após sair para encontro (Crédito: Reprodução)
Homem foi morto após sair para encontro (Crédito: Reprodução)
Homem foi morto após sair para encontro (Crédito: Reprodução)
Homem foi morto após sair para encontro (Crédito: Reprodução)
Homem foi morto após sair para encontro (Crédito: Reprodução)
Homem foi morto após sair para encontro (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do R7