Homem mata mulher e filha em ritual para fugir com pai de santo

Ele está preso e se condenado, pode pegar até 60 anos de prisão

Marcos Francisco Pedrilho, de 22 anos, confessou que assassinou a mulher e a filha de apenas três anos, asfixiadas dentro de casa a pedido de um pai de santo, com quem tinha um caso em Poços de Caldas, no sul de Minas. Ele está preso e se condenado,  pode pegar até 60 anos de prisão pelo duplo homicídio qualificado.


Image title

De acordo com a Polícia Civil, as mortes fariam parte de um ritual feito a pedido do pai de santo de um terreiro que Pedrilho frequentava. O homem, de 36 anos, era padrasto da vítima, Aline Rosa da Silva, 30. O suspeito falou que tinha um caso com o pai de santo, que pediu para ele matar a mulher e a filha para tirar as duas do caminho para eles fugirem juntos .

O pai de santo foi ouvido pelos agentes, mas negou qualquer participação no crime. No local, havia sinais que apontavam para o suposto ritual. Os dois corpos estavam abraçados em um colchão e cobertos com um lençol. O principal foram os panos encontrados nas bocas da vítima. O autor disse que eles impediriam que os espíritos saíssem dos corpos . Na residência a polícia ainda encontrou livros de magia e uma carta escrita com sangue.


 

Fonte: Com informações do R7