Homem mata vigia de escola após se irritar com barulho de alarme

Ele deve ser acusado por homicídio qualificado por motivo fútil

Um homem matou o segurança noturno da Escola Estadual Adelaide Alvim em Rio Grande (RS) após se irritar com o barulho do alarme do colégio na madrugada de sexta-feira, informa a edição deste sábado do jornal Zero Hora. De acordo com a Polícia Civil, o alarme disparou por volta das 4h, e o plantonista da empresa de segurança Maurício Eduardo Mendes de Moraes, 28 anos, foi até o local para desligá-lo. No entanto, antes que pudesse efetuar seu trabalho, foi surpreendido por um vizinho da escola, Thaliz de Souza Ossanes, 33 anos, que disparou três tiros, um deles no peito de Moraes, após uma breve discussão.

Policiais militares e civis foram chamados após moradores da área ouvirem os disparos, mas já encontraram a vítima morta no pátio da escola. Seguindo pistas das testemunhas, as autoridades foram à casa de Ossanes e lá encontraram cartuchos deflagrados no jardim e um revólver calibre 38. O suspeito foi preso em flagrante e confessou o crime na delegacia. Ele deve ser acusado por homicídio qualificado por motivo fútil.

Fonte: Terra