Homem misterioso e PM são suspeitos pela morte de grávida

Homem misterioso e PM são suspeitos pela morte de grávida

Assassinato de Valdineia Preszaniuk ainda intriga a polícia no interior de São Paulo

A morte de Valdineia Preszaniuk, de 21 anos, ainda intriga a polícia de São Paulo. Grávida de gêmeos, ela foi encontrada morta dentro de uma mala que estava em uma lagoa na cidade de Itupeva, na região de Campinas, a 73 km da capital. As suspeitas da autoria do crime até o momento recaem sobre dois homens que tiveram envolvimento com a vítima.

Segundo as investigações da polícia, Valdineia trabalhava como garota de programa em boates. No dia 18 de outubro, quase um mês antes do corpo ser encontrado, a vítima publicou uma imagem na internet e escreveu a seguinte mensagem: ?meus anjinhos devem estar bem grandinhos dentro de mim?.

A família de Valdineia é toda do Paraná e de Santa Catarina e, de acordo com as investigações, não tinha contato com a jovem. O mistério não para por aí. A polícia acredita na tese de crime passional e suspeita de dois homens que tiveram envolvimento recente com a vítima: um policial militar e um homem ainda não identificado, supostamente visto por vizinhos dela.

Outras dúvidas da polícia dizem respeito à vida pregressa de Valdineia. Segundo testemunhas, ela estaria bebendo muito e usando drogas nas últimas semanas antes de sua morte, versão que é negada por uma pessoa que conhecia a vítima. A possível motivação ? teria ela sido morta pelo suposto pai dos gêmeos ? ainda está sendo analisada.

O caso, cheio de nuances, continua sem solução, o que a polícia espera reverter nas próximas semanas.

Fonte: r7