Homem morre baleado após invadir área restrita do Exército

Homem morre baleado após invadir área restrita do Exército

Izael ainda fez um movimento de levar as mãos a cintura, como um gesto de puxar uma arma.

Um homem foi baleado por um soldado do Exército e morreu, neste sábado, após invadir o perímetro restrito da Brigada de Operações Especiais, área militar localizada no Jardim Guanabara, em Goiânia, capital de Goiás. Seu corpo foi levado no final da manhã para o Instituto Médico Legal (IML).

Segundo informações da Delegacia de Homicídios, sob supervisão da delegada Keller Abrão Gonçalves, testemunhas relataram que o invasor, identificado como Izael Dionízio dos Santos, 35 anos, caminhou pela área restrita "aparentemente drogado" e não parou nem quando o guarda de plantão disparou dois tiros de advertência (para cima).

Izael ainda teria feito um movimento de levar as mãos a cintura, como um gesto de puxar uma arma. Neste momento, foi alvejado pelo soldado com tiro de fuzil 556. Ele morreu na hora. Foi constatado que ele não portava arma. A Polícia Federal deve investigar o caso.

Fonte: Terra