Homem natural de Fronteiras pode ter sido carbonizado em Uberlândia

Ele encontrava-se desaparecido desde o dia 19 de julho

Um corpo encontrado carbonizado no assentamento Dom Hélder, zona sudoeste de Uberlândia, pode ser do jovem Francisco Antonio da Silva, de 26 anos, popularmente conhecido como Raionildo, que encontra-se desaparecido desde o dia 19 de julho.

A polícia militar da cidade de Uberlândia-MG recebeu uma denúncia que havia um veículo modelo Kadett incendiado numa estrada vicinal com uma pessoa carbonizada dentro. Ao fazer buscas no local, foi localizado o carro ainda com alguns resquícios de fogo e um corpo do sexo masculino queimado no assento do passageiro.

Próximo ao veículo foi encontrada uma das placas do veículo, que não apresentava queixa de crime no sistema policial. Ao contatar o proprietário do carro, o mesmo relatou as autoridades ter vendido o veículo e não ter nenhuma ligação com o comprador. Ao assistir ao noticiário, uma conhecida de “Raionildo” reconheceu o veículo e entrou em contato com a família do mesmo. Os familiares estão tentando entrar em contato com o IML e Delegacia de Homicídios para buscarem mais informações sobre o ocorrido. Segundo informações veiculadas no Portal G1 o corpo foi encaminhado ao Cemitério Campo do Bom Pastor, no bairro Planalto, onde o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) realizou a necropsia.

Image title

Fonte: Com informações do Riachao net