Homem paga prostituta, não leva "serviço" e chama polícia

Ele relatou que pagou US$ 150 para a mulher por um programa

O norte-americano Robert Smith, de 32 anos, ligou para a polícia de Marlborough, no estado de New Hampshire (EUA), alegando que pagou uma prostituta por um programa, mas, depois, ela se recusou a fazer sexo com ele.

De acordo com a emissora "WMUR-TV", Smith e Jeanna Mercure, de 22 anos, foram detidos acusados de prostituição, o que é considerado crime no estado.

O homem ligou para a polícia na última segunda-feira e relatou que pagou US$ 150 para a mulher por um programa que seria realizado no domingo, mas ela não realizou o serviço combinado.

Smith terá que comparecer em uma audiência no tribunal no dia 11 de fevereiro, enquanto Jeanna tem audiência marcada para 24 de maio.



Fonte: g1, www.g1.com.br