Homem pede almoço e furta a mãe para comprar crack

Ele chegou a sua casa, onde funciona uma Mercearia, e pediu almoço para sua mãe, pois estava com fome.

Enquanto a mãe providenciava almoço para o filho, ele aproveitava para lhe furtar a fim de financiar a manutenção do vício de drogas. A Polícia Militar através de uma guarnição comandada pelo cabo J. Júnior, tendo como patrulheiro o cabo Carlos Araújo, prendeu Francimar Leal Portela, 28 anos, por volta das 11h30 deste sábado (21/06) na Rua México, no Bairro Ceará, em Parnaíba, acusado de furto e roubo contra sua mãe adotiva, a Maria José de Carvalho Brito.


Homem pede almoço enquanto furta a mãe para comprar crack

Ele chegou a sua casa, onde funciona uma Mercearia, e pediu almoço para sua mãe, pois estava com fome. Quando ela retornou para lhe dar a comida, o flagrou furtando em seu estabelecimento. Maria Brito ficou brava porque está não é primeira vez que passa por este constrangimento e resolveu chamar a polícia. Francimar tentou fugir; mas diante do alarde foi contido por vizinhos e seguro por um vigilante.


Homem pede almoço enquanto furta a mãe para comprar crack

Na Central de Flagrantes ele ofendeu profissionais da imprensa com palavras grosseiras e chegou a chutar um deles quando era questionado sobre sua atitude. Vítimas com boletins de ocorrência em mãos chegavam à delegacia acusando Francimar de lhes ter invadido a casa e subtraído propriedades. Ele tem parentes no Estado do Pará e é refugado da família.


Homem pede almoço enquanto furta a mãe para comprar crack

Em seguida, a Polícia Militar chegou e prendeu o homem. Maria José Brito disse que ele é usuário de drogas e já furtou em praticamente toda a vizinhança para manter o vício. Portela ficou preso na penitenciária de Parnaíba por nove meses e após ser soltou voltou a delinquir. Diante do filho sendo conduzido e reclamando da prisão, Maria disse que estava fazendo isso porque era o jeito já que ele recusara tratamento ou mudar de vida.

Fonte: Folha de Parnaíba