Homem pega 131 nos de cadeia por envenenar a família no PA

Após a confirmação das mortes, o homem levou os corpos ao fundo da fazenda

Um júri popular condenou, na quinta-feira, um acusado de matar a própria família a 131 anos e seis meses de prisão em Alenquer (PA). Segundo o Ministério Público (MP), Francisco Campelo de Oliveira Filho, conhecido como Monstro de Alenquer, cometeu os crimes em 2008 por meio de envenenamento na comida.

O alimento foi servido durante o jantar ao pai Francisco Rodrigues de Oliveira, 57 anos, à madrasta Lucidalva de Sousa Lira, 27 anos, à irmã da madrasta Maria Leonilda de Sousa Rodrigues, 17 anos e aos irmãos Felipe Lira da Silva, 8 anos, e Lucilene Lira de Oliveira, 7 meses. Após a confirmação das mortes, o homem levou os corpos ao fundo da fazenda onde as vítimas moravam e as jogou em um buraco utilizado para queimar carvão. Em seguida, eles foram cobertos com pedaços de madeira e queimados. A intenção do acusado seria de ficar com os bens do pai, segundo o MP.

Fonte: Terra, www.terra.com.br