Homem pega 45 anos de prisão por matar professora em parada de ônibus

Crime ocorreu na cidade de Aracati, no Ceará, em 2011.

O homem acusado de matar uma professora e atirar contra cinco pessoas em uma parada de ônibus nas proximidades da praia de Majorlândia, litoral Leste do Ceará, em 11 de outubro de 2011, foi condenado a 45 anos de prisão na terça-feira (2). A sentença foi dada pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Aracati.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Ceará (MP-CE), o réu estava em uma pousada, na companhia de um amigo, ingerindo bebidas alcoólicas e fazendo uso de cocaína. Em determinado momento, o homem deixou o local armado e efetuou diversos disparos. A professora, de 50 anos, estava na parada de ônibus e acabou atingida na cabeça. O acusado atirou também em outras cinco pessoas, que conseguiram sobreviver.

No julgamento de terça-feira, o réu confessou a autoria dos disparos. Ele foi condenado por homicídio qualificado e por cinco tentativas de assassinato.

À época, o Batalhão de Polícia de Turismo (BPTur) informou que o homem afirmava ter atingido a professora por engano. ?Ele foi preso durante fuga a pé, em direção a praia de Quixaba?, disse o coronel John Roosevelt Alencar.

Segundo o coronel, no momento da prisão, o suspeito parecia estar sob o efeito de drogas, além de armado com uma pistola 380 e um revólver calibre 38.

Fonte: G1