Homem que espetou crianças é usuário de maconha; veja!

Homem que espetou crianças é usuário de maconha; veja!

O rápido atendimento, segundo o médico, contribuiu para a sobrevivência das crianças

As duas crianças internadas, que foram encaminhadas para o Hospital de Urgência de Teresina(HUT) após serem perfuradas com espeto artesanal na tarde desta segunda-feira, 25, estão com quadro clínico estável, apesar do riscos de complicações de saúde, informou à Rede Meio Norte o médico responsável pela cirurgia da criança de 06 anos, Dr. Gilberto Albuquerque.

Ambas sofreram múltiplas perfurações no tórax e no abdomen com lesões no pulmão e no fígado, estômago, intestinos. O rápido atendimento, segundo o médico, contribuiu para a sobrevivência delas.

O agressor, Antonio Marcos Pereira, 21, foi preso pelo Ronda Cidadão por ter perfurado, durante o ato de agressão, seis pessoas, dentre elas, quatro crianças, uma delas de 1 ano e 8 meses.

O tenente Idálio, que comandou a operação que culminou na prisão do acusado, afirma que não houve nenhuma dificuldade na prisão de Antonio Marcos. ?Ele não esboçou nenhuma reação. Quando a guarnição o abordou ele prontamente se entregou e contou detalhes do que havia acontecido.

?Ele falou que pegou o espeto, viu a criança e foi furando. Ele diz que não sabe o que aconteceu, que era usuário de maconha e que estava tentando se livrar do vicio?, conta.

Para o psiquiatra Leonardo Luz é necessário afastar a possibilidade de uso de substâncias psicoativas que justifiquem o ato, mas se pode descartar algum tipo de alucinação ou quadro depressivo. ?Eu não sei o que se passou. Se ele teve algum tipo de alucinação ou se ele, naquela criança, visualizou alguém que podia estar perseguindo ele. O médico considera que a pessoa aos 21 anos está numa fase de início de muitas doenças psiquiátricas.

Fonte: Denison Duarte