Homem que matou filha degolada é preso por estuprar uma mulher

Homem que matou filha degolada é preso por estuprar uma mulher

Segundo a PM (Polícia Militar), a vítima do estupro contou que teria aceitado uma carona de Edmar Cláudio Vilaça, de 37 anos.

Um homem que já cumpriu pena pelo assassinato da própria filha foi preso na madrugada desta quarta-feira (9) após estuprar uma mulher de 50 anos e tentar matar outras duas pessoas em Ouro Preto, na região central de Minas Gerais.

Segundo a PM (Polícia Militar), a vítima do estupro contou que teria aceitado uma carona de Edmar Cláudio Vilaça, de 37 anos. No entanto, ele não a levou ao local combinado e dirigiu até sua residência, no bairro Barra, forçando a mulher a entrar em sua casa.

No imóvel, Edmar Cláudio teria ameaçado a vítima de morte e forçado-a a manter relações sexuais com ele. Durante todo o tempo, ela foi mantida presa em um cômodo da casa, mas, quando o suspeito foi até o banheiro, ela conseguiu ligar para a irmã e contar o que acontecia. Imediatamente, a irmã acionou a polícia, mas como ela não soube dizer qual era o endereço onde estava acontecendo o crime, a PM não conseguiu atuar.

No entanto, após insistir com o suspeito para que fosse liberada, alegando que precisava voltar para a casa e garantindo a ele que não acionaria a polícia, a vítima acabou sendo liberada. Ela seguiu até uma república de estudantes que fica próxima ao local e ligou para a PM.

Com as características do suspeito e de seu veículo, a polícia iniciou rastreamento pela região, já que após liberar a vítima, Edmar Cláudio fugiu da residência. No entanto, ele não foi localizado até que uma mulher acionou os militares dizendo que o ex-marido tentava invadir sua casa, no bairro Alto Cruz.

Ao chegar ao local, a polícia descobriu que o homem que ameaçava a ex-companheira era o mesmo que havia estuprado outra mulher na mesma noite. Ele ainda tentou fugir de carro, mas acabou detido em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da cidade.

De acordo com a ex-mulher, Edmar Cláudio teria ido até a residência dela pedindo para entrar pois precisava se esconder da polícia. Ela negou o pedido e o ex-marido começou uma briga com a filha e seu namorado, que também estavam no local.

Na confusão, o suspeito ainda teria entrado em seu carro e tentado matar a própria filha e o namorado atropelados. Foi após a tentativa de homicídio que a ex-mulher acionou a polícia.

Esta não é a primeira vez que Edmar Cláudio atenta contra a própria família. Segundo a PM, ele já cumpriu pena pelo homicídio de outra filha, uma criança de menos de dois anos de idade, que teve com outra ex-mulher. O crime aconteceu em 2006 e, na ocasião, o homem matou a menina degolada, como forma de punir a então companheira.

Fonte: r7