Homem que matou filho já havia espancando os próprios pais

O suspeito atacou uma pedra na mãe e quebrou o braço e uma perna

Felipe de Jesus Soares Araújo, de 32 anos, preso por matar o filho de 5 anos porque a criança demorou para comer tem um vasto histórico de violência e passagens pela polícia.

Em certa ocasião, o homem atirou uma pedra na mãe e quebrou um braço e uma perna do pai. Além da violência física, Araújo também tinha envolvimento com o crime e tem passagem por estelionato e porte ilegal de arma.

Araújo se apresentou na delegacia de Itanhaém, no Litoral de SP, três dias depois de matar o próprio filho, o pequeno Rafael de Jesus Silva de Araújo, de apenas 5 anos. O suspeito fugiu após o crime, que ocorreu em Peruíbe, também no Litoral de SP.

A vítima chegou a ser levado para um hospital da cidade, mas não resistiu às agressões e morreu durante o atendimento. O garoto foi espancado na frente da mãe.

A mãe, que não quis mostrar o rosto, contou que o amarido deu diversas varadas nas costas da criança, atirou o menino contra a parede diversas vezes, socou as costas na altura dos rins.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7