Homem sai para caçar e é encontrado morto na cidade de Cabeceiras

A polícia investia o caso.

O delegado Marcelo Dias, da cidade de Barras, comanda as investigação para esclarecer uma morte na cidade de Cabeceiras do Piauí, ocorrida na última sexta-feira (22/01). Segundo o comandante do GPM de Cabeceiras, sargento Luis Carlos, o corpo de um homem identificado por Francisco das Chagas Ribeiro, foi encontrado na mata, na propriedade Tanques, divisa de Cabeceiras com José de Freitas.

 Conhecido por Chagas Santos, o homem saiu de casa na quinta-feira para caçar animais na mata. Seu corpo foi encontrado no dia seguinte com um tiro de espingarda da marca CBC, a mesma marca da sua, que estava ao lado do corpo, porém o cartucho estava intacto, o que descarta ter sido um acidente.

Polícia investiga o caso (Crédito: Reprodução)
Polícia investiga o caso (Crédito: Reprodução)


 Luis Carlos disse que a polícia trabalha com todas as possibilidades para elucidar o fato. Uma delas é que outro caçador tem abatido o homem achando que era um animal, porém o laudo preliminar apontou que o homem foi morto durante o dia da sexta-feira. “Como era dia, a visibilidade permitia a identificação fácil de que se tratava de uma pessoa e não de um animal” disse.

A outra possibilidade, que acaba ganhando força, é que Chagas tenha sido morto de forma premeditada, pois a área é de conflitos justamente por causa da atividade de caças na região, atividade essa que é proibida. Segundo o sargento, a polícia já tem fortes indícios para esclarecer o crime e disse que até terça-feira já tem uma resposta sobre o caso, pois já trabalha em uma linha de investigação.

Fonte: Campo Maior em Foco