Homem sofre AVC e morre após executar ex-esposa piauiense em SP

A vítima Benedita Andreia de Alves de Lima foi morta na terça-feira

Uma mulher identificada como Benedita Andreia de Alves de Lima, de 35 anos, natural do Piauí, foi morta a tiros na zona Sul de São Paulo, na noite da última terça-feira. O principal suspeito do crime, segundo a polícia, é o ex-companheiro dela, o motorista Loureço de Oliveira, de 57 anos. 

Image title

De acordo com informações de testemunhas, o acusado, que estava em posse de um revólver calibre 38, se descolou de Assis, interior do Estado, para vir até a capital somente para matar a ex-mulher. Ela seguia para um condomínio em que trabalhava como porteira no Real Parque, em São Paulo, quando foi abordada por Lourenço de Oliveira.

Ao perceber que o mesmo estava atirando, tentou se esconder em um micro-ônibus da Viação Transcap, da linha entre o bairro e a região de Santo Amaro. Enfurecido, ele invadiu o veículo e assassinou Benedita entre os bancos, com vários disparos. Em seguida, abandonou a arma e fugiu do local.

Minutos depois de ter cometido o crime, sofreu uma AVC, recebeu atendimento em um hospital, mas não resistiu e morreu. Um dos funcionários da Transcap o reconheceu como autor dos disparos e acionou a polícia.

A vítima já tinha entrado na justiça com um pedido de internação para o ex-marido, considerado bastante agressivo. Os dois tinham uma filha de nove anos de idade.




Fonte: Com informações do UOL