Homem suspeito de atacar mulheres usando saia é detido

Homem suspeito de atacar mulheres usando saia é detido

Rapaz atacava mulheres em Florianópolis e foi preso em Joinville

A Polícia Civil de Florianópolis prendeu um homem suspeito de atacar mulheres usando uma saia. A prisão foi feita em Joinville, no Norte de Santa Catarina, mas as vítimas eram mulheres de Florianópolis, dos bairros Lagoa da Conceição, Trindade e Itacorubi, que foram abordadas, inclusive, na região da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Os ataques, segundo a polícia, ocorreram durante o dia (veja vídeo ao lado).

Ele tem 25 anos, é casado e tem filhos e não teve o nome revelado. Ele tem uma tatuagem nas costas e uma no braço. Após a prisão algumas mulheres que foram abordadas foram chamadas para fazer o reconhecimento do suspeito. "Com base no reconhecimento fotográfico nós efetuamos a prisão do suspeito. Ainda na noite desta sexta-feira (14), nós chamamos duas mulheres, que sem dúvidas reconheceram ele como autor dos delitos", afirmou a delegada Michele Alves Corrêa, que investiga o caso.

Uma das vítimas foi uma universitária de 22 anos, abordada no dia 6 de novembro, de manhã, quando saia de casa. "Eu saí, fechei o portão do prédio, dei um passo e este homem, que já estava em uma moto, saiu do veículo, ainda de capacete, veio por trás, levantou meu vestido e passou a mão em mim. Neste momento, eu fiquei muito assustada e gritei. Ele deve ter se assustado também e correu", contou a jovem, que não quis se identificar.

De acordo com a polícia, os ataques aconteciam há quase um ano, sempre com abordagens semelhantes. "Ele abordava de moto, na rua, em pontos de ônibus, se masturbava na frente delas, tirava a roupa, mas não houve nenhum crime mais grave, cometido com violência", afirma.

De acordo com a delegada, ele deve ficar detido temporariamente por 30 dias.

Fonte: G1