Homem suspeito de manter família em cárcere privado há 5 anos é preso

Caso aconteceu em Campo Mourão, na região central do Paraná. Família era impedida de sair de casa sem o homem, segundo o delegado

Um homem suspeito de manter a família em cárcere privado por cinco anos em Campo Mourão, na região central do Paraná, foi preso na noite de quinta-feira (15). O delegado-chefe da Polícia Civil na região, José Antônio Jacovoz, disse que o homem obrigava a esposa, uma enteada de 17 anos e mais duas crianças a saírem de casa somente na presença dele. "Elas eram ameaçadas, acredito que em virtude de um ciúme doentio, caso desobedecessem à ordem", explica Jacovoz.

O delegado disse ainda que as vítimas também eram proibidas de conviver com a sociedade. "Como elas só saíam com ele, eram vetadas de fazer amizades e conversar com pessoas conhecidas. Se fizessem isso, eram espancadas", relata.

No local a polícia apreendeu armas e munição irregulares. Além de responder pelo crime de cárcere privado, ele também foi indiciado por ameaça e porte ilegal de arma. Se condenado, deve cumprir, em média, dez anos de prisão, segundo o delegado.

Fonte: G1