Homem tenta subornar delegado no PI

Acusado ofereceu R$ 3 mil para não ser preso por falsidade ideológica

Como se não bastasse a prisão por prática de falsidade ideológica, ocorrida no último dia 06, quando foi detido pela PRF ? Polícia Rodoviária Federal por apresentar documentos falsos, o acusado Alex Fabiano, ainda tentou subornar o delegado titular do 1° Distrito Policial, Adolfo Henrique Cardoso, que fazendo uso de um aparelho celular gravou a conversa do criminoso.

O delegado Adolfo Henrique Cardoso informou que ao chegar a delegacia, conduzido pelos agentes da polícia rodoviária, o acusado pediu para conversar a sós com o ele. Com isso o policial rodoviário se retirou da sala, momento em Adolfo Henrique ativou o celular para gravar a conversa. ?Ele, no momento do interrogatório me pedia ajuda e eu não entendia o que era, até que me ofereceu a quantia de R$ 3 mil reais?, comentou.

Pelo fato de está a frente desse acaso, o delegado soube pelos policias rodoviários que o acusado também estava a procura de acordo com eles, o que o fez ativar o aparelho para gravar a conversa. Com isso, Alex Fabiano passou a incorrer no crime de corrupção ativa, além de responder por falsidade ideológica.

Alex Fabiano, que havia sido preso na BR 316, no Gaturiano, continua detido no 1° Distrito Policial, localizado na Avenida Deputado Sá Urtiga. Após baixar a sua ficha, a policia descobriu que o acusado é procurado para responder por quatro crimes no Estado de Sergipe. Ele é natural da Bahia, e apresentou a PRF um CPF cujo nome da mãe divergia, do levantado no sistema.

Adolfo Henrique comentou que essa foi a primeira vez que sofreu uma tentativa de suborno. O delegado está a frente do 1° DP há três meses, já tendo exercido o cargo de delegado regional de Paulistana.

Fonte: Riachão Net