Homens se passam por voluntários e dão golpe de R$ 2 mi em Mariana

O prefeito lamenta que a tragédia seja usada para isso.

Atualmente, em grande parte das vezes o ser humano não tem limites para cometer atrocidades. Um caso surpreendente aconteceu em Ouro Preto, Minas Gerais. Dois criminosos foram flagrados através de imagens de câmeras de segurança onde aparecem roubando máquinas usadas para limpar a lama da barragem de Mariana, em Minas Gerais.

Os homens foram registrados como Lucas Cunha e Anderson Vieira e segundo informações, se apresentaram como funcionários de uma empresa do Rio de Janeiro. Ao se hospedarem no hotel alegaram que queriam ajudar as vítimas da lama de forma voluntária.

Através de um documento, a dupla contratou mão de obra temporária na cidade e em Belo Horizonte. O prefeito de Mariana afirmou que começou a desconfiar dos golpistas quando as máquinas foram retiradas com pedido para manutenção. O dono da pousada onde os dois ficaram foi outro que desconfiou da dupla que deixou um prejuízo de R$ 1.700. “Todo dia eles consumiam o frigobar por inteiro”, disse.

Em um posto o prejuízo foi de R$ 18 mil. Uma caminhonete no valor de R$ 90 mil foi furtada em um local de aluguel de carros. O maior desfalque foi o roubo de quatro máquinas avaliadas em R$ 2 milhões As máquinas foram transportadas em carretas. O prefeito lamenta que a tragédia de Mariana seja usada para este tipo de aproveitamento.

Golpistas foram flagrados por câmeras de segurança (Crédito: Reprodução)
Golpistas foram flagrados por câmeras de segurança (Crédito: Reprodução)
Golpistas foram flagrados por câmeras de segurança (Crédito: Reprodução)
Golpistas foram flagrados por câmeras de segurança (Crédito: Reprodução)
Golpistas foram flagrados por câmeras de segurança (Crédito: Reprodução)
Golpistas foram flagrados por câmeras de segurança (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do R7