Homicida considerado perigoso é morto a facadas em Esperantina

A policia investiga se o assassinato foi ajuste de contas

O homicida, Antonio Cleiton Alves dos Santos, que era considerado no meio policial, como um elemento de alta periculosidade, foi assassinado na noite de domingo (27), com várias facadas. O fato ocorreu na periferia de Esperantina, dentro de um Bar.

Dentre os inúmeros crimes praticados no passado por Cleiton Alves, está o assassinato do jovem, Edilson Bodete, ocorrido no dia 12 de maio do ano de 2010, no interior do antigo estádio de futebol Pedro Portela.

Cleiton Alves, assassinou com requintes de crueldade, o jovem Edilson do Bodete, em companhia de um irmão, ambos respondiam na justiça pelo crime doloso.

O ex-homicida, carrega também nas costas, além de vários furtos e roubos na cidade e na região, a morte de uma senhora no trânsito. Cleiton Alves respondia na justiça neste caso por crime culposo. Lembrando que este grave acidente que vitimou a senhora ocorreu no passado nas imediações da Avenida Bernardo Bezerra.

A policia investiga se o assassinato foi ajuste de contas ou se foi briga entre rivais. Logo após o assassinato de Cleiton Alves o seu corpo foi levado para o necrotério do Hospital Regional Julio Hartman para realização de exame cadavérico.


 Antonio Cleiton Alves dos Santos (Crédito: Reprodução)
Antonio Cleiton Alves dos Santos (Crédito: Reprodução)
Corpo foi levado para necrotério (Crédito: Reprodução)
Corpo foi levado para necrotério (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do Jornal Esp