Homicida é condenado a mais de 8 anos por assassinar borracheiro em Esperantina

O Juri Popular que condenou o homicida foi realizado na última segunda-feira (30), no plenário do Fórum Desembargador Walter Carvalho Miranda.


O homicida Genário Carvalho e Silva, que assassinou com duas facadas na região do peito o borracheiro Francisco de Assis Castro Machado, no dia 06 de agosto de 2014, na cidade de Esperantina, foi condenado a mais de oito anos de detenção.

O Juri Popular que condenou o homicida foi realizado na última segunda-feira (30), no plenário do Fórum Desembargador Walter Carvalho Miranda e foi presidido pelo Juiz de Direito, Dr. Ulysses Gonçalves da Silva Neto. Atuou na defesa do réu, o advogado campo-maiorense Hartônio Bandeira. Já o representante do Ministério Público da cidade de Bom Jesus, o Promotor de Justiça, Dr. João Malato Neto, atuou como Assistente de Acusação.

Entenda o caso

O crime contra o borracheiro Francisco de Assis, ocorreu no na madrugada do dia 06 de agosto do ano de 2014, no Bar intitulado de “O Papagaio”, localizado no Conjunto Bernardo Rego, situado na periferia do município. Genário Silva, que desde o crime se encontra preso em um dos pavilhões da Penitenciaria Regional Luis Gonzaga Rebelo na cidade de Esperantina, cumprirá ainda dois meses de prisão em regime fechado e os outros oito anos cumprirá o restante da pena em regime aberto na Penitenciaria Major César Oliveira.

Fonte: Jornalesp