Hudson, da dupla Edson e Hudson, chega a presídio de "famosos"

Hudson, da dupla Edson e Hudson, chega a presídio de "famosos"

Veículo da Secretaria de Administração Penitenciária chegou às 19h40. P2 abriga detentos envolvidos em crimes de grande repercussão nacional.

O cantor sertanejo Udson Cadorini Silva, de 40 anos, da dupla Edson & Hudson, chegou à Penitenciária Dr. José Augusto Salgado (P2), em Tremembé (SP). O veículo da Secretaria da Administração Penitenciária chegou por volta das 19h40 desta sexta-feira (22) e deixou o local às 20h.

Hudson (nome artístico de Udson Cadorini Silva) estava preso desde a manhã no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Piracicaba (SP), para onde foi trazido da Delegacia Seccional de Limeira (SP), onde passou duas noites após ser detido duas vezes por porte ilegal de armas.

Por motivo de segurança, a P2 recebe todos os envolvidos em crimes de grande repercussão pública. Cumprem pena na unidade, por exemplo, Alexandre Nardoni, condenado pela morte da menina Isabella e os irmãos Cravinhos, condenados pela morte do casal von Richthofen.

O músico ingressou no CDP de Piracicaba por volta das 11h30 desta sexta. Segundo a SAP, ele permaneceu no setor de inclusão, local onde ficam os presos recém-chegados por até 10 dias, com o mesmo tratamento dispensado aos demais detentos provisórios, inclusive alimentação, assistência médica e banho de sol.


Hudson, da dupla Edson e Hudson, chega a presídio de

Durante o período em que esteve no CDP de Piracicaba, de acordo com nota da SAP, Hudson recebeu apenas visitas de advogados. Sobre a transferência, a secretaria informou que só poderia se manifestar depois da chegada do preso ao novo destino por "questões de segurança". Até segunda-feira (18), o CDP tinha 1.536 detentos, 1.024 a mais que a capacidade (512).

Entenda o caso

Às 2h40 de quarta-feira (20), o carro de Hudson foi abordado pela Polícia Militar em uma rua da Vila Cláudia. No veículo foram encontrados uma pistola 380, um revólver 38, um canivete, um soco-inglês e uma faca de cozinha. A ex-mulher do primeiro casamento de Hudson e o atual marido dela, um mecânico de 35 anos, acionaram a PM depois que o cantor teria avisado por mensagem de celular que passaria na residência do casal para pegar um carro. "Sei que ele anda armado e achei que iria arrumar confusão", disse o marido.

Preso, Hudson foi liberado após pagar R$ 6 mil de fiança. O músico disse que não fez ameaças e que havia esquecido que as armas estavam no carro. "Eu não tenho armas para atirar em pessoas. Apenas sou colecionador", afirmou. Já na noite de quarta, após denúncia anônima, a PM foi à casa do cantor, no condomínio Estância Eldorado, em Limeira, e encontrou uma carabina calibre 38, uma bereta calibre 22, diversas munições (incluindo projéteis de uso restrito do Exército) e maconha.

O sertanejo foi preso novamente e levado para a carceragem da Delegacia Seccional de Limeira, onde permaneceu até a manhã desta sexta até ser transferido para o CDP de Piracicaba. Os advogados do cantor esperavam a libertação do músico, que na noite de quinta-feira (21) teve a liberdade provisória concedida mediante pagamento de fiança de R$ 12 mil. No entanto, uma nova decisão da Justiça barrou a medida anterior e decretou a prisão preventiva do cantor por tempo indeterminado.

Estado de depressão

Edson, que faz dupla com Hudson, ainda não se manifestou sobre a prisão. O irmão caçula do músico, Lucas Henrique de Oliveira Silva, de 20 anos, comentou que o cantor anda deprimido desde a morte da ex-mulher Larissa Lopes, ocorrida em novembro de 2012 em Limeira (SP). "Após a morte da Larissa, meu irmão perdeu a vontade de viver, não queria fazer mais nada. Cumpria os compromissos, mas estava muito triste", disse. Larissa morreu aos 26 anos em Limeira. A suspeita da Polícia Civil é de suicídio.

"Não é bandido"

O pai de Hudson falou ao G1 na tarde desta quinta-feira a prisão do cantor. "Ele não é bandido, não é nenhum criminoso", afirmou Jerônimo Silva, de 70 anos, que também disse que estava triste, sem dormir ou comer direito. "Nunca imaginei ver um filho nesta situação", afirmou Silva, que também é cantor e conhecido no meio musical como Beijinho.

Perdão aos fãs

Em carta enviada por assessoria de imprensa, o sertanejo pediu perdão aos fãs, afirmou ser ?uma pessoa pacífica? e ainda disse: ?qual ?garoto? não gosta de armas e carros?? Hudson escreveu ainda que por "falta de atenção e irresponsabilidade" manteve em casa "presentes de grego" dados por, segundo ele, pessoas que queriam parecer amigas, mas que no fim o prejudicaram. Ele não detalhou, porém, quem o teria enganado.

Fonte: G1