Humorista Castrinho sofre duas tentativas de assalto, e mulher do ator é baleada no rosto

Humorista Castrinho sofre duas tentativas de assalto, e mulher do ator é baleada no rosto

Andréa contou que as duas tentativas aconteceram no intervalo de uma hora

O humorista Geraldo Freire de Castro Filho, mais conhecido como Castrinho, passou por duas tentativas de assalto no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio, na madrugada de sábado (8) para domingo. O ator estava acompanhado da mulher, a produtora e voluntária na área de segurança Andréa Guimarães. Em entrevista, Andréa contou que as duas tentativas aconteceram no intervalo de uma hora. Na segunda delas, o carro do casal foi alvejado por um tiro de um revólver calibre 38 e a bala passou de raspão no rosto de Andréa, que foi levada para o Hospital Lourenço Jorge e passa bem.

"A primeira tentativa foi na Avenida das Américas. Estava no sinal, dirigindo, e vi que dois menores de idade se dirigiram na direção do nosso carro. Avancei o sinal e consegui escapar. Mas vi que o carro de trás foi assaltado. Como eles atiraram no carro, retornei para socorrer o motorista", lembrou.

Em seguida, Andréa se dirigiu para a 42ª DP (Recreio) para poder fazer um boletim de ocorrência. Mas quando estava indo para a delegacia foi fechada por uma van escolar.

"Saíram dois adultos de dentro da van e atiraram à queima roupa. Disseram: "perdeu, perdeu". A bala passou de raspão no meu queixo. Isso a 100 metros de uma delegacia! Cheguei tão ensanguentada na 42ª que os detetives ficaram sem ação. Meu rosto está todo perfurado de vidro e de pólvora", afirmou.

Ela disse que o caso foi registrado na 42ª DP (Recreio) e o veículo passou neste domingo por uma perícia na 16ª DP (Barra). Indignada, ela lamentou a violência e a falta de segurança no Rio de Janeiro.

"Tenho filhos e amigos que circulam para cima e para baixo. Estou vendo que a minha cidade, que era chamada de cidade maravilhosa, está vivendo uma guerra civil", afirmou.

Fonte: UOL