Idosa de 75 anos é presa por realizar abortos

De acordo com a polícia, as investigações começaram depois que os agentes receberam denúncias anônimas

A Polícia Civil de Criciúma (202 km de Florianópolis) prendeu uma idosa de 75 anos na sexta-feira, suspeita de realizar abortos clandestinos há pelo menos 15 anos na cidade. Os policiais apreenderam, na casa da suspeita, medicamentos, seringas e instrumentos de uso cirúrgico. A idosa negou que realizasse os procedimentos, mas, devido às investigações, deve ficar presa temporariamente por 15 dias.

De acordo com a polícia, as investigações começaram depois que os agentes receberam denúncias anônimas. Uma policial se passou por uma adolescente grávida interessada na cirurgia e procurou a mulher. Após constatar que a idosa realizaria o aborto, os investigadores solicitaram a quebra do sigilo telefônico da suspeita.

A polícia afirmou ainda que a mulher havia sido investigada há 15 anos pelo mesmo crime, mas não houve provas que a incriminassem. Os policiais acreditam, no entanto, que ela tenha realizado abortos por todos esses anos.

De acordo com a equipe de investigação, os procedimentos eram feitos em um quarto da casa da suspeita, preparado com maca e equipamentos ginecológicos. Ainda de acordo com a polícia, a idosa se preparava para realizar um aborto em uma jovem de 26 anos no momento da prisão.

Fonte: Terra, www.terra.com.br