Idosa é presa suspeita de manter neta de 4 anos amarrada e amordaçada

Criança foi encontrada desidratada; avó disse que fez isso porque criança incomodava.

A Polícia Civil resgatou uma menina de quatro anos que era mantida amarrada e amordaçada na cidade de Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, na noite de quarta-feira (6).

A avó da criança foi presa em flagrante suspeita do crime e confessou que amarrou a criança porque ela estaria incomodando muito. O caso acontecia já há algumas semanas e a menina foi achada bastante desidratada.

O Conselho Tutelar recebeu uma denúncia anônima e comunicou a polícia. A idosa foi indiciada por cárcere privado e tortura. Os pais da criança serão indiciados por abandono de incapaz.

O Conselho Tutelar recolheu a garota e deve auxiliar no tratamento médico. Ela será levada para um abrigo em seguida.

Fonte: R7, www.r7.com