Idosa leva tiro na cabeça em tentativa de assalto no Rio

Ela foi levada para o Hospital estadual Pedro II, em Santa Cruz, em estado grave

Uma mulher, que teria 62 anos, foi baleada durante um tentativa de assalto na Avenida Brasil, altura de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, na manhã deste domingo (15). As informações são do Batalhão de Polícia em Vias Especias (BPVE).

Segundo a polícia, dois assaltantes em um carro abordaram o motorista de um Astra onde estava a idosa e mais três familiares, por volta de 8h. De acordo com as primeiras informações, os suspeitos atiraram, atingindo a idosa, que estava no banco traseiro, na cabeça.

Ela foi levada para o Hospital estadual Pedro II, em Santa Cruz, em estado grave.

Os suspeitos conseguiram fugir.

POLICIAL É BALEADO NA AVENIDA BRASIL

Um policial militar foi baleado durante uma tentativa de assalto a um ônibus que seguia pela Avenida Brasil, altura de Jardim América, no Rio. As informações são da sala de escuta da Polícia Militar.

O crime ocorreu na noite de sábado (14). O policial, que trabalha no 12º BPM (Niterói), seguia para o trabalho quando suspeitos anunciaram o assalto. Ele reagiu e houve troca de tiros. O policial levou pelo menos dois tiros, foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, e está no centro cirúrgico.

Os assaltantes fugiram sem levar nada.

PM É MORTO EM NILÓPOLIS

Um sargento da PM foi morto a tiros na porta de casa, em Nilópolis, na Baixada Fluminense. Segundo a polícia, ele foi vítima de uma tentativa de assalto. Os criminosos teriam percebido que ele era policial e atiraram antes de fugir. O crime ocorreu por volta de 22h de sábado. Ele trabalhava no 20º BPM (Mesquita).

A vítima chegou a ser socorrida pela esposa e por um vizinho, mas morreu ao dar entrada no Hospital Pronil, também em Nilópolis.

O caso foi registrado na 57ª DP (Nilópolis).

QUATRO PMS MORTOS EM 12 HORAS

A assessoria da PM confirmou, na sexta-feira (13), o quarto policial assassinado no período entre a noite de quinta (12) até a madrugada de sexta. O soldado Marlon Rodrigues, do 32º BPM (Macaé), foi morto a tiros durante um assalto a uma farmácia em Rio das Ostras, na região das Baixadas Litorâneas.

O crime ocorreu na noite de quinta. Segundo a polícia, o soldado estava na farmácia quando dois suspeitos armados anunciaram o assalto. Ele teria reagido, e foi atingido no pescoço. A vítima chegou a ser socorrida em um pronto-socorro da região, mas não resistiu aos ferimentos.

Os suspeitos conseguiram fugir. O caso foi registrado na 128ª DP (Rio das Ostras).

OUTRAS TRÊS MORTES

Em Itaboraí, um Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) foi atingido por vários disparos na madrugada de sexta. No momento do crime, havia dois PMs no local. Um, que era sargento, morreu no local.

O policial morto foi identificado como Yolando Flávio da Silva, 40 anos. O outro agente que também estava no DPO no momento do crime foi atingido por disparos e socorrido em um pronto socorro da região.

Segundo a polícia, os criminosos conseguiram fugir. Não há informações sobre o motivo do crime.

MORTO EM TENTATIVA DE ASSALTO

Outro PM, o sargento Francisco José Barreto, foi morto durante uma tentativa de assalto na noite de quinta-feira no bairro Colégio, no subúrbio.

Segundo a polícia, o autor do crime conseguiu fugir.

PM MORTO NO DIA DE FOLGA

O cabo Carlos Renato Geraldo da Silva, do 6º BPM, também foi morto a tiros na quinta na Estrada da Posse, Campo Grande, na Zona Oeste.

Segundo a assessoria da Polícia Militar, a vítima estava de folga no momento do crime.

Fonte: g1, www.g1.com.br