Idosa morre após estupro na frente da mãe de 100 anos; acusado de 21 anos explica motivo do crime

Idosa morre após estupro na frente da mãe de 100 anos; acusado de 21 anos explica motivo do crime

Acusado de 21 anos diz que cometeu o crime porque vítima não tinha dinheiro

A idosa Josefa da Silva, de 60 anos, morreu após ser estuprada e esfaqueada em uma plantação na cidade rural de Macaparana, Pernambuco. A mãe da vítima, de 100 anos, presenciou todo o crime.

Segundo a polícia, mãe e filha foram abordadas pelo suspeito que anunciou um assalto. Como não tinham dinheiro, ele se irritou e começou a esfaquear a idosa, em seguida, cometeu o abuso.

A mãe, Ededina Conceição, afirmou que o suspeito manteve relações com Josefa na frente dela.

? A minha filha nunca tinha tido relação sexual com nenhum homem. Ela era virgem. Eu desejo que ele seja punido porque isso eu nunca vou esquecer.

Alexsandro Valdevino, de 21 anos, foi preso em flagrante e indiciado por homicídio doloso. Ele confessou o crime e disse que a intenção era cometer apenas o assalto, mas que "perdeu a cabeça". Ele é casado e pai de dois filhos.

Fonte: r7