Idoso acusado de estuprar criança confessa crime: "Foi só um pouco"

"O padrasto dela estuprou ela primeiro", declarou.

Nesta segunda-feira (01), um idoso identificado como José Felismino de Melo, de 61 anos, foi preso na localidade Canto da Pedra, na zona rural de Luís Correia sob acusação de estupro de vulnerável contra uma menina de 10 anos.

Assim que foi preso, o acusado negou as informações alegando que a menina foi por livre e expontânea vontade e que não cometeu nenhum crime contra ela. “Quando fui embora às 03h a criança pediu para vir comigo também. Eu sempre tratei ela bem, dei presentes, nunca faria isso”, declarou.

Após ser interrogado pela delegada, José resolveu assumir o crime destacando que o padrasto da menina, identificado como Antônio dos Santos Nascimento, teria violentado-a primeiro há cerca de oito meses.

De acordo com ele, a menina estava deitada na rede na casa de um homem identificado apenas como Luis quando se aproximou e deitou ao seu lado. Em seguida, tirou a sua roupa e começou a tocar suas partes íntimas, momento esse que encostou o seu órgão genital na criança iniciando uma relação sexual.

No momento do estupro havia três pessoas dentro da residência, mas ninguém acordou porque a vítima foi impedida de gritar pelo fato de sua boca ter sido tampada pelas mãos do lavrador no momento do ato sexual. “O padrasto dela estuprou ela primeiro, eu fiz só um pouco com beijos e abraços”, declarou ele em depoimento.

Acusado foi preso pela polícia (Crédito: Reprodução)
Acusado foi preso pela polícia (Crédito: Reprodução)
Menina foi ouvida na delegacia (Crédito: Reprodução)
Menina foi ouvida na delegacia (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte