Idoso é acusado de estuprar criança deficiente mental

Idoso é acusado de estuprar criança deficiente mental

Ao ser interrogada, a vítima contou que o idoso

Um idoso de 61 anos foi preso acusado de estuprar uma criança de 11 anos que sofre de doença mental. O crime aconteceu no município de Lagoa do Barro, região de São João do Piauí. Exames médicos detectaram sêmen no corpo da vítima.

A polícia chegou até o acusado após uma denúncia anônima ao Conselho Tutelar da cidade, na qual o informante contou que via a criança entrar todos os dias na casa do idoso que morava sozinho e que, em seguida, a porta era trancada.

Ao chegar ao local indicado na denúncia, os conselheiros e a Polícia Militar constataram que a menina estava trancada dentro da casa, escondida no banheiro. Ao ser interrogada, a vítima contou que o idoso "mexia" com ela em troca de dinheiro.

O idoso nega as acusações, mas reconhece que a menor frequentava sua casa em busca de dinheiro. O abuso sexual foi confirmado por meio de um exame no corpo da vítima, que foi realizado no município de São João do Piauí. De acordo com a polícia, o laudo aponta que houve tentativa de conjunção carnal, uma vez que foi encontrado sêmen no corpo da criança.

Fonte: muraldavila