Imagens ajudam polícia a prender suspeito de tentar estuprar adolescente de 16 anos

De acordo com o boletim de ocorrência, apesar do abuso, não houve o ato sexual

Imagens gravadas pelas câmeras de segurança de um banco ajudaram a polícia de Botucatu, a 238 km de São Paulo, a prender um homem suspeito de tentar estuprar uma adolescente de 16 anos. A menina foi abordada em uma praça no centro da cidade quando voltava sozinha de uma festa.

Ela tentou fugir, mas foi agarrada pelo homem. "Ele perguntou se eu sabia andar de moto. Dai eu fui meio que andando assim. Daí eu peguei o celular e deixei discado o 190. Eu ia tipo discar assim, chamar. Daí ele roubou o celular da minha mão. Daí ele me levou", contou a jovem.

A adolescente chegou a acenar para um motorista, mas ninguém a socorreu. As imagens foram gravadas pela câmera de um banco, operada por um segurança. Segundo os funcionários da agência bancária, o segurança ligou para a polícia assim que percebeu a ação. Entretanto, durante os 25 minutos de gravação, nenhum carro da Polícia Militar foi visto.

?A viatura até compareceu nas imediações, mas não foi gravado. A policia se deparou com um individuo com as mesmas características, o levou para a delegacia, mas não era a pessoa que a PM estava procurando naquela ocasião?, contou o capitão da PM José Semensati.

De acordo com o boletim de ocorrência, apesar do abuso, não houve o ato sexual. ?Atos libidinosos contra a vitima já configuram por si só a pratica do crime de estupro. E ainda com a qualificadora de a vítima ser menor de 18 anos?, explicou a delegada Simone Sampaio

O suspeito de 32 anos foi preso. Ele tem passagem por vários crimes, entre eles estupro. Por ter levado o celular da vítima, também vai responder por roubo. Se condenado, pode ficar preso por até 22 anos.

Fonte: g1, www.g1.com.br