Imagens de sexo gravadas em celular se espalham e vira caso de polícia no PI

Imagens de sexo gravadas em celular se espalham e vira caso de polícia no PI

Populares compararam a garota do vídeo, com uma jovem de apenas 14 anos que reside no Bairro Matadouro em Campo Maior

Desde segunda 03/12, uma família do Bairro Matadouro, em Campo Maior, tem passado por constrangimentos, após a divulgação de vídeo onde aparece uma jovem fazendo sexo com um rapaz enquanto é filmada por uma terceira pessoa.

Populares compararam a garota do vídeo, com uma jovem de apenas 14 anos que reside no Bairro Matadouro em Campo Maior, em seguida repassaram o vídeo que circula facilmente via bluetooth.

Após ser informada do vídeo e da suposta acusação a jovem pediu ajuda aos pais que levaram o caso ao Conselho Tutelar e a Vara de Família do município.

A mãe da garota Antônia Edna disse que a delegada Alexandra Santos solicitou a realização de exames médicos. O exame foi realizado no dia 04/12, em Teresina, e prova que a jovem nunca teve relações sexuais.

A delegada disse que as imagens do vídeo se trata de uma pessoa com idade mais avançada e não de uma garota de 14 anos.

Toinha, como é conhecida, teme que a filha possa cometer algum dano contra si mesma, ela diz ainda que a garota está com vergonha de sair às ruas e que tem chorado muito.?Gostaria de pedir as pessoa que parem de divulgar esse vídeo, e que deixem minha filha em paz, pois ela nada tem a ver com isso e já esta provado, caso não parem irei processa-los?. Disse Antônia Edna.

A delegada já instaurou inquérito para descobrir a origem da divulgação do vídeo e medidas serão tomadas do sentido de coibir a divulgação do suposto vídeo.

Fonte: portalcampomaior