Imagens identificam suspeitos de matar deficiente no Guarujá-SP

Delegado responsável pelo caso afirmou que não descarta homicídio

Image title

A Polícia Civil analisou imagens de câmeras de monitoramento e já identificou os suspeitos de espancar até a morte uma cozinheira em Guarujá, no litoral de São Paulo, nesta quinta-feira (4). Andréia dos Santos Pereira, de 40 anos, foi sepultada na tarde desta sexta-feira (5).

De acordo com testemunhas, Andreia, que era deficiente auditiva, foi assassinada após ter sido agredida repetidamente por homens que tentaram assaltar o estabelecimento onde ela trabalhava.

A vítima sofreu diversos ferimentos pelo corpo por conta de agressões com equipamentos utilizados no local onde a cozinheira trabalhava. Segundo a Polícia Civil ela sofreu traumatismo crâniano. Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Wagner Camargo Gouveia, três suspeitos foram identificados. Gouveia explica que nas imagens analisadas, é possível identificar três rapazes, que podem ser adolescentes, com roupas de surf e correndo. 

Fonte: Com informações do G1